Bruno Pernadas
Vodafone
18 Ago
Image

Entre o jazz de Chet Baker e o experimental rock dos Morphine surge Bruno Pernadas. O músico demonstrou, desde muito cedo, sensibilidade à sonoridade jazzística e aos 13 anos iniciou a sua viagem acompanhado de uma guitarra clássica. O seu trabalho como músico, professor e diretor musical abrange mundos artísticos como a performance, teatro e ainda o cinema. Em 2014, Bruno Pernadas lança o seu projeto a solo “How can we be joyful in a word full of knowledge”, mesclando o jazz, space age pop, folk, world music e electrónica. Dois anos depois, o músico Lisboeta edita “Those who throw objects at the crocodiles will be asked to retrieve them” e “Worst summer ever”, demonstrando uma versatilidade invejável, como compositor e intérprete.

Image
play
Image
1
2
3
4
Image
Image